Sexta, 24 de Setembro de 2021
33°

Poucas nuvens

Itaú de Minas - MG

Saúde Vacina Covid-19

Municípios estão se mobilizando em conscientizar a população para a busca pela segunda dose da vacina contra a covid

Itaú de Mina também está com baixa procura pela segunda dose da vacina contra a covid-19

30/08/2021 às 11h59 Atualizada em 30/08/2021 às 12h15
Por: jbbarbosa Fonte: Redação BNN/SES-MG
Compartilhe:
foto reprodução
foto reprodução

 

30/08 - Mesmo com a disponibildade de vacinas no Brasil e com a alta procura pelas vacinas no mundo todo, não é incomum ter ouvido falar sobre pessoas que receberam a primeira dose do imunizante e que não procuraram pela segunda dose. Com exceção da vacina da Janssen, que confere imunidade contra o coronavírus após 14 dias da única dose, as demais (Coronavac, AstraZeneca e Pfizer) precisam de uma segunda dose.

 

Uma publicação no site do Ministério da Saúde faz um alerta para a importância da segunda dose. "Dizem que brasileiro deixa sempre para última hora, mas quando o assunto é vacinar-se contra a Covid-19 esse tema precisa ser levado a sério, mas muito a sério. Enquanto 52,9 milhões de brasileiros cumpriram o seu papel e completaram o esquema vacinal, mais de 8,5 milhões de “atrasadinhos” deixaram de voltar ao posto de vacinação para receber a segunda dose.

 

Pelo levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios, 40%, ou seja 808 Municípios, afirmaram encontrar dificuldades para aplicar a segunda dose nos cidadãos pelo não comparecimento desses na data prevista. A CNM perguntou a esses gestores quais ações vêm sendo realizadas pelos Municípios a fim de garantir a vacinação: 80% afirmaram que estão indo às residências das pessoas; 75% têm realizado ligações na tentativa de lembrar a população da necessidade de retorno; 53% têm feito o envio de SMS ou Whatsapp; e apenas 2% não realizam nenhum tipo de ação.

 

Em 9,7% das localidades, já há decreto ou algo similar prevendo a obrigatoriedade de vacinação no âmbito da administração pública federal. Outros 86% afirmaram que não editaram normas nesse sentido. De acordo com o levantamento, 49,4% dos Municípios ainda mantêm medidas de restrição quanto à circulação de pessoas ou atividades econômicas e em 48,7% não estão em vigor essas medidas.

 

Na manhã desta segunda feira (30/08) a reportagem do BNN, conversou com a responsável pelo setor de imunização, Braiane Marcelle, que nos falou como está a procura pela segunda dose em Itaú de Minas. Braiane também falou sobre o dia especial de vacinação que aconteceu no sábado passado, segundo ela a procura foi baixa.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias