Sexta, 03 de Dezembro de 2021
31°

Pancada de chuva

Itaú de Minas - MG

Saúde Covid-19

Querendo evitar as restrições á circulação de pessoas e com baixa vacinação, Rússia enfrenta seu pior momento na luta contra o coronavirús

O país ultrapassa mil mortes em um dia

17/10/2021 às 09h07
Por: jbbarbosa Fonte: BBC News
Compartilhe:
Vacina
Vacina

Mais de um ano e meio depois do início da pandemia de covid-19, a Rússia vive seu pior momento na luta contra o coronavírus.

Atingiu neste sábado (16/10) pela primeira vez a marca de mil mortes pela doença em um único dia e é o quarto com maior número de contágios acumulados nas últimas quatro semanas, 663 mil.

O governo tem evitado tomar medidas de restrição à circulação de pessoas e atribui a nova onda de infecções à resistência dos russos à vacinação. No último dia 5 de outubro, Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, afirmou que o nível atual de imunização no país não é suficiente para fazer frente à agressividade das novas variantes de coronavírus.

A Rússia foi um dos primeiros países a lançar um imunizante contra o coronavírus. Batizado de Sputnik V, foi desenvolvido pelo Instituto Gamaleya em parceria com o Ministério da Defesa e lançado ainda em dezembro de 2020.

Até o momento, contudo, pouco menos de um terço da população russa (31%) foi vacinada, conforme os dados do portal Our World in Data, da Universidade de Oxford.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias