Terça, 24 de Maio de 2022
18°

Tempo aberto

Itaú de Minas - MG

Política Ação de improbidade

Justiça bloqueia cerca de R$ 3 milhões em ação sobre esquema de desvio na Prefeitura de Passos

As ilegalidades apuradas ocorreram na gestão 2013-2016

28/12/2021 às 10h59
Por: Marcos Claudino Fonte: Observo.com.br
Compartilhe:
Prefeitura de Passos
Prefeitura de Passos

28/12 - O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou Ação de Improbidade e Ação Penal para reprimir crimes de organização criminosa, peculato e fraude licitatória em contratos de fornecimento de materiais de expediente ao Município de Passos.  As ilegalidades apuradas ocorreram na gestão 2013-2016, do ex-prefeito Ataíde Vilela.

 

Os pedidos liminares do Ministério Público foram parcialmente acolhidos, e a Justiça já decretou a indisponibilidade de mais de R$ 3 milhões dos réus.

 

Conforme as investigações, estavam envolvidos no esquema criminoso os então secretários municipais de Planejamento, Wanilton Chagas Cardoso; de Educação, Pilar Aparecida Lemos Faria; e de Administração, Gilberto Lopes Cançado, sendo que este último ocupava, interinamente, a função de secretário municipal de Saúde.

 

Ainda segundo o MP, a organização criminosa também era composta por empresários, que se associaram aos agentes políticos para a prática dos ilícitos. Outros três agentes públicos estão sendo processados por peculato. Ao todo, estão sendo processadas 10 pessoas e duas empresas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias