Terça, 24 de Maio de 2022
18°

Tempo aberto

Itaú de Minas - MG

Região Mar de Minas

Lago de Furnas atinge melhor nível dos últimos 10 anos, com 766,2 metros

Áreas em que antes a navegação não era possível, hoje voltam a fortalecer o turismo, lazer e economia das cidades em volta da represa

29/04/2022 às 14h05
Por: Marcos Claudino Fonte: G1
Compartilhe:
Lago de Furnas. Foto reprodução EPTV
Lago de Furnas. Foto reprodução EPTV

29/04 - Mesmo com o início da época de estiagem, quando começa o período da seca e os reservatórios costumam baixar, o nível do Lago Furnas continua subindo. Na medição de quarta-feira (27), o nível estava em 766,2 metros, o que significa 85,19% do volume útil. De acordo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), é o melhor nível em 10 anos.

 

Com esse nível, áreas em que antes a navegação não era possível por causa da seca, hoje voltam a fortalecer o turismo, lazer e economia das cidades em volta.

 

De 2010 até aqui, foram pelo menos sete grandes baixas, que podem ser chamadas de crises, sendo que em novembro de 2017, o Lago de Furnas teve o pior nível dos últimos 21 anos. O nível chegou a 9,63% do volume útil. Isso significa dizer que navegar pelas águas era impossível.

 

Segundo a relação anual de informações sociais do Ministério da Economia, as 34 cidades ao redor de Furnas atingem uma população de mais de 1,5 milhão de pessoas.

 

Só de empregos formais na área do turismo, há pelo menos 20 mil diretos e 5 mil empreendimentos. Quando o nível do lago está baixo, a ocupação hoteleira, por exemplo, cai de 80% para 20%.

 

Furnas é responsável por regular 21 barragens e é responsável pela geração de 17,71% de energia do país, além de ser considerada uma das principais represas do sistema Sudeste/Centro-Oeste, que é responsável por 70% da energia fornecida no país.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias