Domingo, 17 de Outubro de 2021
30°

Pancada de chuva

Itaú de Minas - MG

Religião São José

São José exemplo de cuidado e esperança em tempos de pandemia

São José lembra nos que todos aqueles que estão aparentemente escondidos, ou em segundo plano, tem um protagonismo sem paralelo na história da salvação

20/03/2021 às 16h27 Atualizada em 20/03/2021 às 16h48
Por: jbbarbosa Fonte: Padre Cesar acorinte
Compartilhe:
São José
São José

19/03 – Dia de São José, patrono da igreja Católica, padroeiro dos pais, pai da Sagrada Família, padroeiro das familias, e popularmente invocado como o padroeiro da boa morte. Guardião de Jesus Cristo o nosso Redentor. Neste ano em que a igreja celebra 150 anos da declaração de São José como o padroeiro da igreja católica, o Papa Francisco declarou como o ano dedicado a São José. E ele nos presenteou com uma carta belíssima, entitulada de “Patris corde” ou seja, “com o coração de pai”, porque foi desta forma, desta maneira que José amou Jesus: “com o coração de pai”, nós estamos vivendo tempos muito difíceis em nossa vida, na vida da humanidade, quando estamos passando por essa pandemia, quantas dores, quantos sofrimentos.

 

E o Papa Francisco nas suas palavras dirigidas a toda a igreja, nessa sua carta, ele fala com o coração, ele fala não só da boca, mas ele fala com o coração. E partilha conosco algumas reflexões pessoais dele, sobretudo nesse tempo de pandemia, quando ele tem acompanhado o sofrimento de muitas e muitas pessoas, quantas vidas sendo desfeitas tão cedo, tão repentina, por conta desse vírus.

 

E o Papa Francisco neste desejo de nos ajudar a rezar a viver este momento, ele então diz assim para nós: “para partilhar com vocês algumas reflexões pessoais sobre essa figura extraordinária tão próxima da condição humana de cada um de nós. Desejo falar ao vosso coração, tal desejo foi crescendo ao longo desses meses de pandemia, em que podemos experimentar no meio da crise que nos afeta, que as nossas vidas são tecidas e sustentadas por pessoas, pessoas que comumente vivem esquecidas, e que não aparecem nas manchetes dos jornais e revistas, nem nas grandes passarelas do último espetáculo, mas que hoje estão sem dúvida, a escrever os acontecimentos decisivos da nossa história, médicos, enfermeiros, enfermeiras, trabalhadores de supermercados, pessoal da limpeza, curadores, transportadores, forças policiais, voluntários, sacerdotes, religiosos, religiosas e muitos, mas muitos outros que compreenderam que ninguém se salva sozinho.

 

Quantas pessoas dia a dia exercitam a paciência e infundem esperança tendo a peito não semear pânico, mas com responsabilidade, quantos pais, mães, avós e professores, mostram as nossas crianças, com pequenos gestos do dia a dia, como enfrentar e atravessar uma crise, readaptando hábitos, levantando o olhar, estimulando a oração. Quantas pessoas rezam, se imolam, e  intercede pelo bem de todos, todos podem encontrar em São José o homem que passa despercebido, o homem da presença cotidiana discreta e escondida, o intercessor, um amparo, e uma guia nos momentos de dificuldades.

 

São José lembra nos que todos aqueles que estão aparentemente escondidos, ou em segundo plano, tem um protagonismo sem paralelo na história da salvação. A todos eles dirijo uma palavra de reconhecimento e gratidão”.

 

E também são com as palavras do Papa Francisco, que nós queremos agradecer a todas essas pessoas que tão bem tem feito a humanidade, estão se desdobrando para salvar vidas, para levar vidas as pessoas, e para fazer com que a vida continue acontecendo em nosso meio.

 

Queridos irmãos e irmãs meus amigos, hoje, o bom seria se a nossa igreja, ou melhor, se as nossas igrejas tivessem repletas de fiéis para celebrar este grande santo, mas diante da situação que estamos vivendo, se tornando um pouco impossível.

 

Diante desta pandemia todo o cuidado é pouco, a restrição do número de pessoas de fiéis em nossas igrejas, infelizmente não poderemos ter uma igreja repleta, uma igreja lotada mas algumas pessoas previamente que pegaram os seus convites, é um número reduzido porém essas pessoas não estarão sozinhas, com certeza levaram em seus corações todos aqueles e aquelas que também desejariam estar ali neste momento de festa, de louvor, e gratidão. Nós somos um só povo, nós somos um só coração, a gente reza na missa: “o amor de Cristo nos uniu”, sim é o amor de Cristo nos que nos uniu, estejamos nós na igreja, estejam aqueles e aquelas celebrando conosco pelas mídias sociais, nós estaremos unidos, unidos pelo amor de Cristo, formaremos uma única Assembleia, povo de Deus, comunidade de cristãos batizados e batizados.

 

Celebraremos São José, assim como se celebramos o seu tríduo preparatório, celebraremos São José pedindo a sua intercessão por todos nós, de maneira especial pelos doentes, sobretudo aqueles que se encontram hospitalizados, seja por conta do covid-19 ou outra enfermidade, queremos pedir a sua intercessão junto a Deus, que olhe com carinho pelos doentes, aqueles que se encontram nas enfermarias, aqueles que se encontram nas UTI.

 

Vamos rezar pelos profissionais de saúde, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, tantas e tantas pessoas dedicando a sua vida para salvar vida, queremos rezar pelas pessoas que trabalham na limpeza, na assepsia dos hospitais, dos prontos-socorros e todos os ambientes que cuida da saúde, queremos rezar pelas famílias que têm membros que hoje estão acometidos de alguma enfermidade, queremos rezar pelas famílias que perderam os seus entes queridos.

 

Meus irmãos e irmãs, não tenhamos medo, não tenhamos medo, assim como José não teve medo, mas se encorajou, quando Deus mostrou para ele o plano que Deus tinha para sua vida, não tenhamos medo, mas o nosso coração se encha de esperança, e assim podemos contemplar dias melhores em nossa vida.

 

Cuidemos de nós, cuidemos uns dos outros, cuidemos da nossa casa, da nossa família, agora é a hora de nós redobrarmos os cuidados. São José foi o cuidador da Família de Nazaré, o cuidador de Maria, cuidador de Jesus, que nós também a seu exemplo sejamos zelosos cuidadores da vida, da nossa nossa vida, e da vida dos nossos irmãos e irmãs.

 

A todos vocês eu me dirijo pedindo, sejamos obedientes as orientações da Vigilância Sanitária, sobre tudo no uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social, façamos aquilo que está ao nosso alcance para assim podermos lutar com coragem, e derrubarmos este vírus, que hoje está ganhando proporções gigantescas, mas não percamos a esperança, Deus está conosco! Ele não nos abandona! Assim como Ele se fez presente na vida de José, Ele está presente na vida de cada um de nós, use máscaras, use álcool em gel, mantém o distanciamento, saia de casa somente se for preciso, e assim estaremos colaborando e muito para o combate a esse grande mal.

 

Neste momento quero invocar sobre todos vocês, sobre a sua família a bênção de Deus pela intercessão bondosa e paternal de São José. O senhor esteja convosco ele está no meio de nós abençoe meu Deus todo-poderoso Pai Filho e o Espírito Santo, amém. Fiquem todos com Deus. São José, rogai por nós.

Padre Cesar Acorinte                                                                                                            Pároco da Paróquia Santa Tersinha de Itaú de Minas                                                            Texto transcrito por Jbbarbosa da entrevista no jornal BNN

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias