Domingo, 17 de Outubro de 2021
30°

Pancada de chuva

Itaú de Minas - MG

Religião Páscoa é vida

Páscoa é Jesus vivo em nós

“Quer morramos, quer vivamos, com ele nós iremos ressuscitar.”

05/04/2021 às 17h42 Atualizada em 05/04/2021 às 22h53
Por: jbbarbosa Fonte: Homilia Padre César
Compartilhe:
Padre César Acorinte
Padre César Acorinte

“Quer morramos, quer vivamos, com ele nós iremos ressuscitar.” É o que nos disse São Paulo.

 

Na noite de ontem, na vigília Pascal, nós viamos que não à noite que não desemboque, ou que não tenha o seu fim, no amanhecer, que não permita com que o sol aconteça, com que o sol nasça para nós. É certo que há muitos que na sua vida conseguem atravessar a noite escura, ou as noites escuras das dores dos sofrimentos. Há muitos que conseguem se libertar das tristezas, das angústias. Há muitos que conseguem ressuscitar para uma vida nova, que conseguem fazer uma ruptura entre a noite e o amanhecer, e viver uma nova vida.

 

Mas é certo também que há entre nós muitos que querem permanecer na noite, na escuridão. Há muitos que querem continuar no túmulo, que não fazem o mínimo de esforço possível para romper com as amarras dos sofrimentos, com as amarras das tristezas, das angústias. Que não fazem um mínimo de esforço possível para romper com aquilo que não permite o amanhecer, não permite que o sol brilhe novamente em suas vidas. Aí a Páscoa, a ressurreição, a vida nova não acontecem.

 

Maria Madalena vai ao túmulo, onde ele está? Ele não está aqui!! onde está Jesus? onde ele se encontra? Olhemos para a nossa realidade de hoje, onde se encontra Jesus? São João vai nos dizer que nós encontramos Jesus no irmão, não adianta ficar olhando para o céu. É certo que o céu é o nosso fim último, é a realidade que nos espera, é realidade que nos aguarda, porém nós caminhamos, estamos escrevendo a nossa história, estamos vivendo uma realidade terrena, e não caminhamos nesta realidade de forma sozinhos, isolados. Onde está Jesus? onde nós o encontramos?

 

São João vai dizer que nós o encontramos no irmão. Olhando hoje a realidade que nós vivemos, esta realidade de um ano de pandemia, Jesus está por exemplo em tantos profissionais da saúde que estão doando a sua vida em prol de inúmeras vidas, que se encontram contaminadas ou que se encontraram contaminadas, com este vírus. Jesus ressuscitado, se encontra na vida, na pessoa de tantos médicos, tantos enfermeiros, agentes de limpeza dos hospitais e dos profissionais da saúde, fisioterapeutas, tantos motoristas de ambulância, técnicos de enfermagem, socorristas...  que estão aí noite dia se doando, entregando a sua vida para salvar vidas, alí está o Cristo ressuscitado.

 

O Cristo ressuscitado está em cada um de nós quando nós, mesmo que com dificuldades, estamos nos esforçando para cuidarmos da nossa saúde, cuidarmos de nós, evitando aquilo que pode fazer com que este vírus continue se propagando em nosso meio, e assim evitando colocar não somente a nossa vida mas a vida dos nossos irmãos em risco ou em perigo.

 

O Cristo ressuscitado está naquelas pessoas que se dedicam que se cuidam para poder cuidar dos outros, que se preocupam no cuidado pessoal para poder cuidar do outro.

 

O Cristo ressuscitado está nas inúmeras iniciativas de solidariedade por aí afora e gestos bonitos concretos de pessoas particulares ou instituições que vendo a dor o sofrimento de famílias que se encontram em dificuldades ou com dificuldades de alimentação, procuram ajudar, e se dedicar, correndo ao encontro destas famílias levando até elas o alimento necessário, ajudando essas famílias adquirirem o gás para poder cozinhar o seu alimento, o gás que se encontra neste preço tão alto, tão elevado. Está naqueles que vão ao encontro dessas, famílias ajudando nos remédios que elas necessitam, socorrendo pagando, ajudando, auxiliando na conta de água,  na conta de energia, e assim por diante. Alí está o Cristo ressuscitado.

Então Jesus ressuscitado está presente nas inúmeras iniciativas, onde a vida vai acontecendo não onde existe morte,  Jesus ressuscitado está presente onde o amor se faz presente, onde o ódio não vai mais fazer parte, onde a paz vai acontecendo, onde  o desejo de vingança vai se extinguindo vai se extirpando da sociedade. 

 

O Cristo ressuscitado deixa o túmulo e se faz presente nas inúmeras iniciativas onde as pessoas se unem em prol de uma sociedade mais justa, de uma sociedade mais fraterna, mais solidária,  onde não há desonestidade, injustiças, onde não há corrupção, etc. Isso meus irmãos é Páscoa, Isto é ressurreição!

 

A ressurreição acontece onde existe vida onde a vida acontece, onde a morte não se faz presente, mas onde existe vida, se ali existe vida acontecendo, se ali existe uma criança sorrindo, por exemplo no dia de hoje, se existe uma criança sorrindo porque ganhou um saquinho de bombom de chocolate, coisa rara de acontecer na sua vida, é a ressurreição acontecendo, é a vida acontecendo. Se hoje existe uma família contente e feliz porque na sua mesa vai ter o alimento necessário, farto para o seu almoço de Páscoa, é a vida acontecendo. E assim por onde existe vida, existe ressurreição. Mas vida plena, vida em abundância.

 

O que adianta hoje estarmos celebrando a Páscoa, estarmos celebrando a ressurreição, se esses sinais de morte, se o ódio, se a vingança, se as injustiças, se a fome, se a miséria, continuam acontecendo em nosso meio. A Páscoa a ressurreição não  acontece se nós não nos esforçamos para sair dessas situações, para nos libertarmos este mal.

 

Transcrito da Homilia do Primeiro Domingo da Páscoa

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias